DNA desvenda mistério de menina morta no século 19

GARDEN OF INNOCENCE Image caption ONG fez uma nova lápide para menina com a frase “Se não houve luto, ninguém se lembrará”

Finalmente chegou ao fim um mistério que comoveu a cidade de San Francisco, nos Estados Unidos: o descobrimento de um caixão com o corpo em perfeito estado de uma menina de três anos morta há 145 anos.

Em uma cena semelhante a de um filme de terror, o caixão foi encontrado no ano passado durante a reforma de uma casa e a menina foi apelidada de Miranda Eve. Foi feita até uma segunda cerimônia para enterrá-la, na qual compareceram mais de 100 pessoas.

“Não foi fácil, mas era a coisa certa a se fazer”, disse à BBC Mundo Enrique Reade, gerente do Garden of Innocence (Jardim da Inocência, em tradução livre), uma ONG que enterra crianças não identificadas ou abandonadas e que se responsabilizou pela investigação do caso.

veja matéria completa…

Pular para a barra de ferramentas